Uma volta pela Feirinha do Largo

Uma volta pela Feirinha do Largo – Turistando – Gazeta do Povo.

Versões em inglês (english) e espanhol (español / castellano)

Domingo em Curitiba é sinônimo de passeio na Feirinha do Largo da Ordem, no Centro Histórico. Lá, você encontra de tudo: artesanato, utensílios domésticos, antiguidades, livros, roupas, brinquedos, lembranças típicas, obras de arte, carros antigos e plantas. Será difícil você sair da feira sem comprar pelo menos um presente.

Iniciada em 1971, quando era chamada por muitos de Feira Hippie ou Mercado das Pulgas, a feira cresceu e se expandiu. Deixou de ficar restrita a Praça Garibaldi e ao Relógio das Flores e tomou conta dos arredores. Virou tradição.

Hoje, são cerca de 1300 feirantes espalhados por vários quarteirões. Além das compras, os visitantes podem conferir apresentações de artistas locais e saborear alguns quitutes regionais e de outras localidades.

Dicas: 

– evite o horário de pico, entre 10h30 e meio-dia
– algumas barracas aceitam pagamento em cartão, mas é sempre bom ter algum dinheiro em espécie
– tente negociar melhores preços
– reserve pelo menos 2 horas para o passeio
– use sapatos/tênis confortáveis para a caminhada
– evite o passeio em dia de chuva
– não esqueça do protetor solar
– esteja sempre atento a seus bolsos e pertences

Serviço: 

Feirinha do Largo da Ordem
Todos os domingos, das 9 às 14 horas (faça chuva ou faça sol!)
Centro Histórico de Curitiba

Fonte: Uma volta pela Feirinha do Largo – Turistando – Gazeta do Povo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s